quinta-feira, 18 de março de 2010

“ Cada momento é único”


Por vezes, o que nós mais queremos, mais desejamos, está mesmo à nossa frente mas somos incapazes de a ter. Como se, quanto mais caminhássemos em sua direcção, mais longe está de nós. Isso já nos aconteceu tantas vezes nos sonhos. Caminhamos e corremos mas o caminho, a distância parece aumentar cada vez mais, chegando a um ponto em que as nossas pernas começam a ficar pesadas e mais pesadas....cada passo que damos é um autêntico sacrifício e tudo à nossa volta parece perder cor e cai num silêncio profundo.

Quando ainda nos resta alguma força e continuamos a caminhada, tudo desaparece num feixo de luz branco e cegante deixando-nos completamente sozinhos no meio da escuridão. Nessa altura sentimo-nos indefesos, sozinhos, abandonados e tudo se despedaça acabando por morrer no meio das trevas.

Mas, o que podemos fazer? Temos solução para chegarmos mais rápido ao nosso destino e vivermos algo único e maravilhoso?

“Em cada manhã te são entregues vinte e quatro horas de ouro. São uma das poucas coisas neste mundo que estão livres de impostos. Se tivesses todo o dinhiero do mundo, não poderias comprar nem mais uma hora- que farás com tão valioso tesouro? Lembra-te, tens de o usar, pois só te é oferecido uma vez. Se o despediçares, não o poderás recuperar”.

Aproveita a vida ao máximo, cada segundo, minuto, hora... junto daqueles que mais amas, a fazer aquilo que te preenche por completo. O resto, o destino, chegará a ti com o seu devido tempo. Não tentes correr atrás dele, simplesmente aprecia a caminhada, a paisagem e observa intensamente, pois todos os momentos são precisos e únicos, nunca mais vais ver, ouvir, cheirar, sentir as mesmas coisas...

Vive cada momento como se fosse o último!

Liadan Tussaud

(escrito por A.Teresa)

1 comentário:

  1. É verdade que temos que apreciar todos os momentos pelos quais passamos, mas o que fazemos quando somos nós que passamos ao lado dos momentos?

    ResponderEliminar