domingo, 9 de maio de 2010

O amor verdadeiro- uma força poderosa!




"Lembras-te de quando há uns anos me disseste que o amor não era belo e sim poderoso, capaz de quebrar uma vontade tão férrea como a minha? Pois tinhas toda a razão e devo-te um pedido de desculpas. O amor, o verdadeiro amor, é maravilhoso, sim, mas é sobretudo uma força poderosa e avassaladora que nos domina a seu bel-prazer, que nos transforma em marionetas, em perfeitos idiotas. É isso que me acontece com Isaura e é por isso que não posso agora corresponder-te, porque o amor que sinto por ela, essa força omnipotente, me tem manietado e me permite apenas responder se for ela quem está à minha frente. Juro-te que desejaria não a amar assim, mas não tenho poder para tanto."

"O amor faz passar o tempo. O tempo faz passar o amor.
«O amor não é eterno», zombava a sua alma incrédula, «mais tarde ou mais cedo, morrerá.» «Se morrer», respondeu o seu coração, «é porque não era amor.» E nesse momento, Roger teve a certeza de que a sua história com Isaura ainda não tinha terminado".

Florencia Bonelli

E assim, o amor verdadeiro veio à superfície permanecendo intacto até ao fim dos tempos, até ao fim da vida e o começo da eternidade. EU, TU, NÓS, juntos para sempre. Um só corpo, unido pelo amor!

AnaTeresa

Sem comentários:

Enviar um comentário