domingo, 11 de julho de 2010

Devaneios, talvez?!



Tudo está preso na minha cabeça.
O tempo; O teu olhar...
Por breves segundos
Nada aconteceu à nossa volta,
Apenas o facto de nos estarmo a
Reencontrar noutro Mundo.

Será que sim?
Será que não?
Será que tudo é verdadeiro ou
Uma mera ilusão?

Eu sei qual é a resposta.
Sei que tudo não passa de imaginação.
Os meus sonhos são repletos e cheios
De pura ficção.

Navega, foge...
Afasta-te da realidade,
Liberta-te dessa fraude
Que é uma interpretação visual;
Talvez uma fuga?
Dos factos que não coincidem
Com a verdade;
Com o mundo;
Comigo;
Contigo.

Tudo em vão...
Que raio de vida é a tua?
Não sei, (apenas respondo...)
Então quem sabe?
Não sei, eu não sei...
Simplesmente olho,
Pois só me resta,
Deixar-me navegar
Por estas marés vazias,
À espera de algo
Que me leve daqui...
Será...?

Teresa

Sem comentários:

Enviar um comentário