terça-feira, 1 de março de 2011

“Quando a vida te derruba, tu decides se queres ou não levantar.”


Tudo, por vezes, é difícil.
Nem tudo é fácil ou simples. Tantas complicações e dificuldades no passado afectam o nosso presente e a nossa forma de sonhar no futuro.
Nem tudo é um mar de rosas, mas só a nós cabe ter a força suficiente para nos levantarmos sozinhos, com toda a coragem e determinação possível. A felicidade, a nossa felicidade não mora noutras pessoas, noutros objectos ou simplesmente em coisas fúteis. Sim, vive dentro de nós. Mora no nosso coração e só nós próprios a podemos conquistar. Se nos sentirmos bem connosco mesmos, conseguímos conquistar tudo, basta apenas acreditar.

É verdade, nem sempre a vida te tem sorrido. As pessoas, por vezes, conseguem ser cruéis e magoar irremediavelmente um coração. Mas se o coração está predestinado a grandes feitos, não há ninguém nem nada que possa destruir esse futuro repleto de sucesso.
É tão fácil cair, tão difícil levantar quando todos se riem da nossa cara. Mas isso só nos torna mais fortes para, não só nos levantármos mas também para sorrir. E quando for a vez dessas mesmas pessoas caírem, nós não nos rirmos delas mas sim ajudármo-las. Aí se ve a diferença entre cada pessoa e o que verdadeiramente valem na vida. Não é por se ser bonito, rico ou famoso que se é boa pessoa mas sim por se ser puro e verdadeiro.
Nunca me hei-de arrepender de tentar ser  assim, apesar de muitas pessoas empurrarem-me para cair. Hei-de conseguir levantar-me sozinha e continuar a sorrir. E tu também, pois estás destinada a grandes feitos.
 Mostra aquilo que és sem receios e serás verdadeiramente feliz.

Teresa Oliveira

Sem comentários:

Enviar um comentário