sábado, 25 de junho de 2011

É suposto?!

É suposto sentirmos esta solidão que parece que anda no ar como uma virose?
É suposto sentirmo-nos sozinhos quando estamos na idade da bebedeira e das festas, das amizades de apenas uma noite e da plena e simples diversão da vida?
Tanta gente à nossa volta, tantas coisas para experimentar, viver, ver, sonhar.... e a minha cabeça simplesmente não consegue parar e apenas divertir-se, sem "mas", "porques", ou "para quê".
Estou cansada de cansar os outros, os "supostos amigos" com os meus problemas ou desabafos. Gosto de falar, qual é o mal nisso?! Bem, parece que nesta idade não interessa falar, falar para quê? Vamos é sair, curtir a vida, não pensar em responsabilidades ou se estamos a magoar alguém...... é tudo fixe, na boa!
Com tudo, apenas tenho vontade de fugir de tudo isto, desta distância entre as pessoas, desta falta de sensibilidade, de amizade, de respeito. Odeio isso profundamente e cada vez me sinto mais sozinha neste barco porque é tudo muito lindo no início, muitas histórias para contar, muita ajuda para oferecer, o ombro para chorar, as gargalhadas para divertir e animar todos e no final, só se lembram de nós quando precisam de ajuda ou chorar ou um favorzinho qualquer. Se tu precisares de ajuda, de chorar, de ouvir gargalhadas para te animares, eles simplesmente mandam te à merda, não ouvem porque falas demais e isso cansa, ficam com sono e é mais fixe ir sair com gente que não tem problemas ou só por nos dizer isto e aquilo são uns heróis apesar de, se tiveram qualquer problema, nos mandarem ir dar uma valente volta só porque estão mal dispostos. Aqueles que sempre estiveram ali para tudo, que levaram pedradas de terceiros por terem feito essa escolha porque achavam que valia a pena... não merecem nada do que serem usados, é só para isso que eles existem.... fogo, que sorte, também quero uma amiga assim!
Neste momento, sinceramente? Não sei se as escolhas que fiz foram as mais acertadas, porque ultimamente não percebi o que valiam para ter me sujeitado a tanta coisa. É mau dizer isto, mas se por tanto tempo só pensei nos outros e em ser uma boa amiga e me esqueci de mim, mas porém, levei tanta facada porque os outros só pensaram demasiado neles próprios, porque raio não posso ser agora assim também? Ficam com menos uma estúpida, ingénua, talvez empregada para limpar a porcaria que fazem, temos pena, que limpem com a própria língua porque simplesmente cansei, porque simplesmente não é suposto ser assim, não nesta actualidade, realidade em que vivemos, não mais!

TeresaOliveira   

Sem comentários:

Enviar um comentário